Criador de Akira planeja lançar um novo Shonen mangá

Katsuhiro Otomo é bastante conhecido por otakus, não-otakus e cinéfilos pela sua grande obra Akira. Mas Otomo já trabalhou em outros projetos, e boa parte de sua obra tem ótima qualidade.

Recentemente, Otomo cedeu uma entrevista para a revista japonesa Geijutsu Shincho, onde foi publicado um especial sobre ele, com cerca de 60 páginas. Neste especial estavam presentes fotos do espaço de trabalho de Otomo, fotos do estúdio Sunrise (onde ele trabalhou no curta Hinoyoujin) e uma história one-shot chamada DJ Tech no Morning Attack.

Porém, Otomo falou de mais uma coisa nessa entrevista: seus planos para fazer um Shonen Mangá ambientado na revolução Meiji japonesa (para quem não sabe, Rurouni Kenshin é bastante focado nesse período da história do país). É o primeiro shonen no currículo de Otomo, e o outro único mangá longo que ele produziu foi Akira. Foram poucas informações, mas isso só aumenta a curiosidade na obra de Otomo, que provavelmente será muito boa.

O período da revolução Meiji é um momento histórico muito rico em detalhes, além de violento. É perfeito para ambientar um shonen (vide Kenshin) e tem todo um apelo político, além de mudanças socio-econômicas. Já estou curioso para ler a nova obra de Otomo, e espero que ela se materialize logo.

Katsuhiro Otomo
Mestre Katsuhiro Otomo ocupado com sua nova obra

 

Game designer, designer gráfico, pesquisador em semiótica. Adora video games, tanto antigos quanto novos, e cresceu jogando e estudando estes games. Devido à influência da comunidade japonesa local, aprendeu a gostar de mangás e animes, e a não achar a língua japonesa alienígena (ter estudado o idioma talvez tenha ajudado). Não consegue trabalhar sem uma trilha sonora pra acompanhar.