League of Legends

De volta as origens em Silent Hill Downpour

downpour

Desde que foi lançado em 1999, Silent Hill inovou com uma forma de terror diferente o mundo dos games. Porém, de lá pra cá foi perdendo seu encanto maligno e se tornou apenas mais uma franquia de terror mais ou menos. Visando melhorar a imagem da série, a produtora Konami resolveu te levar mais uma vez onde tudo começou, na cidade macabra e amaldiçoada de Silent Hill.

A história é bem complexa e cheia de mistérios, por conta disso está muito mais sombria do que as outras versões.

Tudo começa com Murphy, o personagem principal (um presidiário), que por conta de suas atitudes na cadeia será transferido para uma presídio mais rigoroso. Entretanto, o ônibus que levava Murphy capota e cai numa floresta. Louco para fugir dali ele se arrasta mata adentro pra chegar em uma estrada, e aí começa a nostalgia: estradas quebradas (como no 1º game da franquia) levam a explorar o local e encontrar um teleférico que te transpora para a cidade em si. Sem saída, você vai ter de resolver muitos mistérios do seu passado, e entrar de cabeça nesse pesadelo do mal.

Silent Hill Downpour

Downpour não é uma obra prima, mas a historia envolvente e cenários retrôs mantém um clima mais tenso do que o esperado

A jogabilidade é ruim nos combates, mas muito boa na movimentação, com botões pra ajudar nos ângulos de câmera e a interação do personagem com os cenários e seus objetos. Não tem muitas armas de fogo e em boa parte do jogo você usa itens do cenário como pedras, pedaços de madeira, machados e afins, mas caso tenha alguma arma de fogo em mãos, o sistema de tiro é muito bom, podendo atirar enquanto anda e caso você tenha dificuldade com os puzzles, agora você pode alterar isso pra fácil, médio ou difícil.

Silent Hill Downpour

Os gráficos estão muito bons (a Konami usa a Unreal Engine nesta versão). Os personagens estão superiores aos das outras versões e as criaturas também estão mais detalhadas. O gráfico dos cenários está muito rico em detalhes: a transição de uma dimensão pra outra e a composição da cidade ou ambiente que você esteja são de encher os olhos. Também existem momentos onde o cenário se destrói ou se desfaz na frente dos seus olhos, e são igualmente bonitos, além de bastante dramáticos. Por ter muita interação com o cenário, a Konami caprichou neste quesito.

Em suma, Silent Hill Downpour é uma boa aquisição. A Konami fez bem feito e mostrou que o fim está realmente no começo. Agora é só conferir e ajudar o Murphy a escapar deste tenebroso pesadelo.

Gamemaníaco e bem humorado que curte a maioria das peripécias desse mundo geek. Com apenas 26 aninhos, sou corintiano roxo (VAI CURINTHIA) e pai de uma enorme família, composta por quatro filhos e uma belíssima esposa. Se quiser saber mais desse ícone da sensualidade brasileira, me adicione no Facebook ou Twitter.

You can leave a response, or trackback from your own site.
Subscribe to RSS Feed Siga o TheMentes no Twitter!
Leia o post anterior:
Noboru Ishiguro
Falece diretor de Yamato e Macross

Noboru Ishiguro faleceu anteontem, dia 20 de Março, em um hospital da cidade de Kawasaki, devido à complicações hospitalares posteriores...

Fechar