Generation Classic conta a história de “Zelda 64”

Esses dias tenho feito pesquisas sobre jogabilidade e como puzzles constroem as mesmas, e acidentalmente topei com este vídeo (logo abaixo). Fiquei bastante surpreso, pois é raro ver alguém dar uma perspectiva histórica para o desenvolvimento de algum game dos anos 90.

Todos sabemos o quão a série The Legend of Zelda (especificamente o jogo Ocarina of Time) é importante no estabelecimento de várias convenções dos jogos em três dimensões da atualidade. É interessante ver como certos elementos evoluíram bastante da primeira build até o lançamento, como o fato de só se poder usar dois itens simultaneamente (o que lembra muito os jogos do game boy), e a idéia de usar uma camera constantemente em primeira pessoa.

Também é bastante educativo ver as mudanças de sistema e plataforma que o jogo recebeu, e os planos dos criadores para o mesmo. Além disso, assusta ver como um time tão pequeno conseguia fazer tanta coisa naquela época.

O documentário será em 3 partes e vale a pena dar uma conferida:

Game designer, designer gráfico, pesquisador em semiótica. Adora video games, tanto antigos quanto novos, e cresceu jogando e estudando estes games. Devido à influência da comunidade japonesa local, aprendeu a gostar de mangás e animes, e a não achar a língua japonesa alienígena (ter estudado o idioma talvez tenha ajudado). Não consegue trabalhar sem uma trilha sonora pra acompanhar.