Grupo Multiplayers faz concerto para homenagear 25 anos de Zelda

Geralmente é em São Paulo onde ocorrem as festas, homenagens e grandes shows.

Mas misteriosamente, foi anunciado mais cedo no ano e aconteceu apenas em Curitiba,  no dia 18 de Setembro (domingo), um concerto do Grupo Multiplayers para comemorar o aniversário de 25 anos da série The Legend of Zelda.  Apenas um número pequeno de pessoas pôde prestigiar.

O Evento aconteceu no Teatro Londrina, dentro do Memorial de Curitiba (próximo à um café muito bom). O que mais assustou, na verdade, foi o preço do ingresso, R$9,00 + 1kg de alimento não perecível e sempre que vejo algo do gênero, nunca espero grande coisa. Fiz uma viagem meio às pressas ao local, mas valeu totalmente à pena.

O Grupo Multiplayers dividiu a apresentação em dois atos. Um com música de todos os jogos exceto Ocarina of Time e Skyward Sword, e o segundo dedicado inteiramente às músicas de Ocarina of Time (nada de Skyward Sword, mas é totalmente compreensível).

O local era pequeno e cabiam poucas pessoas, já o concerto, foi feito inteiramente no som dos instrumentos (sem microfones ou amplificadores de nenhum tipo), obrigando maior respeito por parte do público. É muito diferente da gritaria que se têm durante os shows da Video Games Live, o que é muito bom (pois ao invés de se ouvir algum imbecil gritando, você consegue ouvir mesmo as músicas na íntegra).

O show começou com um já esperado Medley das músicas do Primeiro The Legend of Zelda (NES), simples, porém eficaz.

Depois foram tocadas várias músicas de outros títulos, com destaque especial para Song of Healing (Majora’s Mask) e um medley do trailer do jogo Twilight Princess (a música que encerrou o ato).

Entretanto, o brilho real do Grupo Multiplayers apareceu no segundo ato, com interpretações mais ousadas e bonitas de várias músicas já conhecidas. Os maiores destaques (na minha opinião) vão para um “duelo” feito entre Violino e Flauta, com vários temas presentes no jogo, e pra interpretação do tema de Lon Lon Rach, com convidados.

Aqui vão mais alguns vídeos do concerto:
Flauta VS Violino

Tema de Gerudo Valley

E meu preferido, Tema de Lon Lon Ranch

Só posso dizer que a apresentação foi muito simples e bonita. O respeito do público com certeza ajudou bastante a curtir a apresentação, e o segundo ato brilhou tanto que levou algumas pessoas às lágrimas.

Faço um simples pedido aqui: Que os grupos musicais do resto do país aprendam com o Grupo Multiplayers e daqui em diante façam apresentações deste nível em todo o território nacional.

 

Game designer, designer gráfico, pesquisador em semiótica. Adora video games, tanto antigos quanto novos, e cresceu jogando e estudando estes games. Devido à influência da comunidade japonesa local, aprendeu a gostar de mangás e animes, e a não achar a língua japonesa alienígena (ter estudado o idioma talvez tenha ajudado). Não consegue trabalhar sem uma trilha sonora pra acompanhar.

Isso depende Carlos.
Eu sou de Manaus (AM), mas moro em São Paulo (capital).
Um amigo de Manaus foi junto comigo, e meus amigos de Curitiba foram prestigiar também.

Nenhum arrependimento