Japão é agraciado com action figures luxuosas de Star Wars

São 35 anos de Star Wars esse ano, e como sabemos, todos os aniversários depois do décimo são motivo de comemoração para qualquer franquia, seja no cinema ou nos games. Star Wars é uma franquia que teve muito influência no cinema, fosse pela postura visionária dos primeiros filmes e seus efeitos especiais que basicamente iniciaram a indústria como conhecemos hoje, fosse na sua história épica, dividida em duas trilogias.

Star Wars também já viu todo tipo de edição de luxo de seus filmes: DVDs especiais com extras, cenas adicionais, Blu-Ray com capa diferenciada e até mesmo aquela atrocidade de cena final com o Darth Vader novo (aquilo entristece qualquer fã, profundamente). Mesmo a nova trilogia sendo massacrada por certos apreciadores da franquia, ela teve uma bilheteria bem alta e rendeu vários jogos, alguns bons, como Knight of the Old Republic, Jedi Knight e Pod Racer (que saiu para vários consoles, mas lembro bem dele no Nintendo 64).

Agora, como se não faltasse mais nada, a Imperial Enterprise (empresa japonesa) decidiu fazer estatuetas do C-3PO e R2-D2 feitas em puro ouro e prata, respectivamente. Sim, você leu isso direito, ouro e prata de verdade, e pior ainda, maciços!!

Claro que o custo dessas belezinhas não é tão bonito quanto as mesmas: o C-3PO custará em torno de US$ 6.000,00 e o R2-D2 algo em torno dos US$ 1.800,00. Um preço bem salgado. Mas são realmente feitas de puro ouro e prata, então é bastante justificável. Com tanto material, subentende-se que seja uma edição limitadíssima. De fato, só serão feitas 35 estatuetas de cada.

Além dessas caríssimas estatuetas, a empresa também fará uma moeda especial comemorativa, toda feita de prata e pesando 1kg com uma imagem da série na frente. Ela virá em uma caixa especial, acolchoada e com uma imagem diferenciada nessa caixa. O custo desta medalha também não é nada pequeno: US$ 3.000,00.

Fãs de Star Wars já tinham visto de tudo, mas duvido que tenham visto tamanho luxo em alguma edição especial. Agora saberemos quem é REALMENTE fã da série, ao ponto de gastar todo esse dinheiro nas pequenas estátuas.

Game designer, designer gráfico, pesquisador em semiótica. Adora video games, tanto antigos quanto novos, e cresceu jogando e estudando estes games. Devido à influência da comunidade japonesa local, aprendeu a gostar de mangás e animes, e a não achar a língua japonesa alienígena (ter estudado o idioma talvez tenha ajudado). Não consegue trabalhar sem uma trilha sonora pra acompanhar.