Matari: Uma série que deve ser ser acompanhada

matari

Se tem uma coisa da qual eu gosto é de humor negro. Sério, já promovi até campanha a favor de cotas para o estilo de comédia. Agora, se combinam esse humor com games, é difícil de errar. Assim surgiu a “série” Matari:

Atentem para o fato de que tudo é feito no melhor estilo tosqueira dos gráficos do Atari. E se você tiver dúvida de que isso é legal, assista o episódio do “Bobby is Going Home”, que acaba com um hadouken de um corinthiano contra palmeirenses. Fantástico: