Samurai Sentai Shinkenger: Sushi-Changer, henshin!

Samurai Sentai Shinkenger

Se você já raspa os pelos do seu rosto, já deve ter assistido Changeman, certo? Pois bem, a pauta agora é da atual série da franquia dos Super Sentais, que são esquadrões de japas coloridos com robôs gigantes, como já deve saber.

Não fugindo da fórmula de sucesso que já tem mais de 30 anos, o Samurai Sentai Shinkenger, são cinco jovens, cada um com sua cor e personalidade. Dentre os clichês da franquia, muito me impressiona a Toei insistir em usar celulares como ferramenta pros japas se transformarem, e no caso dos Shinkengers, o Shodôphone além de celular é um pincel pra escrever os ideogramas no ar e invocar os poderes. Os atores, como manda a nova regra, são moderninhos quase como j-rockers.

Considerando serem samurais modernos, o Takeru Shiba é o sério e mal humorado líder dos Shinkenger, descendente de um clã de samurais, claro, ele é o vermelho. E sem enrolações o Shinken Blue é dançarino kabuki e é o nerd, o Shinken Green é o rebeldinho, a Shinken Yellow é a ingênua, e a encalhada Shinken Pink é a gentil mocinha. No ápice das batalhas na série, surge o sexto ranger: Genta Umemori, o Shinken Gold. Esse é o cara que rouba a cena! É de longe o personagem mais bem humorado e engraçado de todos os sentais que eu já assisti. Além de sua personalidade de palhaço, o cara é um sushiman que sempre aparece carregando sua barraquinha de sushi, e seus poderes e robôs também possuem alguma ligação com sushis. Ele se considera o melhor amigo do Takeru, o que é bizarro o contraste de humor entre eles.

Agora o que sempre me prendeu na frente da TV pra assistir essas séries foram os mechas. Os robôs gigantes dos Shinkengers são samurais estilizados, difícil de explicar do que as peças dele se transformam, só vendo mesmo. São os Samurai Origami, emblemas com os ideogramas de seus respectivos elementos, daí os Shinkengers escrevem com o Shodô Phone o kanji para “grande” e essas coisinhas se desenrolam virando animais-robôs e posteriormente, bustos, pernas e braços do robô gigante.

Enfim, é uma série que vale a pena acompanhar só pra dar risada do Genta/Shinken Gold e seus movimentos estilosos e robôs lula, lagosta e lanterna japonesa (?).

Aloha!

Preguiçoso e irritado, é fã de Street Fighter. No tempo livre de seu trampo sigiloso IRL escreve pro TheMentes com todo seu charme.