Steins Gate atravessa barreiras, do tempo e plataformas

Esqueçam tudo sobre o que viram sobre anime baseado em games, uma boa história transcende qualquer plataforma, Steins Gate está ai para provar isso.

Comecei a assistir com todos os novos animes do começo do ano no Japão, é o único que se sustenta por causa do Storytelling.

A coisa toda é sobre um cara que se diz um cientista maluco, que por acaso ou por um pouco de genialidade faz uma maquina do tempo com seu micro-ondas e seu celular. As mensagens ao passado são enviadas por sms e por incrível que pareça faz muito sentido.

Steins Gate

Ele começa a ajudar pessoas com seus problemas no passado, até ai te envolve muito, pois o encadeamento das mudanças nas linhas dos tempos nos mundos paralelos (segundo a teoria) são fantásticos. O cientista maluco, por brincadeira, fala muito sobre uma organização secreta que está a sua procura, só que essa brincadeira se torna realidade e ele tem que viajar muito no tempo para lutar contra essa perseguição implacável do sistema, é muito foda!

Até então, só tinha visto o anime, vi que lançaram um mangá da história e agora vou jogar o game, em outro post eu falo sobre ;D

Mas um pressentimento me diz que é muito bom.

Entusiasta de animação, música e filme. Um pouco boca suja, mas com minhas próprias opiniões.