League of Legends

The Elder Scrolls V: Skyrim chegará no Brasil na próxima semana

Skyrim2

Bom, um outro dia falei sobre Oblivion, então hoje é dia de falar sobre Skyrim e só posso dizer que fiquei bastante feliz (e empolgado) com o resultado das vendas do jogo.

Segundo a ZeniMax Media, o jogo vendeu 7 milhões de unidades físicas (somando PS3, XBOX360 e PC) e mais algumas centenas de milhares de cópias virtuais. Com isso, é possível afirmar que Skyrim é realmente um sucesso de vendas e provavelmente pagou o custo de produção (mas só podemos supor isso).

Skyrim é uma evolução dos jogos anteriores em vários aspectos. Não somente nos gráficos, como também no game design como um todo. Seu sistema de níveis, perícias e evolução de personagem ficou muito mais enxuto, e o jogador precisa se preocupar cada vez menos em criar uma “build perfeita” para aproveitar o jogo no seu limite. Há um fato engraçado: já li que os próprios erros de comportamento do jogo atuam em seu favor, tornando a experiência bem mais imprevisível e única.

Skyrim

A crítica “especializada” recebeu muito bem o jogo, o que era esperado. Considerando que a Bethesda tem na sua bagagem dois jogos com prêmios de Game of The Year (GOTY, ou jogo do ano), é compreensível que uma versão muito melhorada de Oblivion fosse ter uma recepção tão calorosa (além disso, tem dragões, quem não gosta de dragões?). Skyrim tem um grande potencial para sair com o título de jogo do ano de 2011, mesmo competindo com outros jogos de grosso calibre, como Battlefield 3, Dark Souls e Zelda Skyward Sword.

Ainda não tive a chance de por as mãos no jogo, mas não vejo a hora. Por todos os previews que vi, e pelo que conheço da série, só posso ter certeza que Skyrim é no mínimo uma experiência tão incrível quanto seus antecessores. E ver aquelas carcaças de dragão ficarem pra sempre fazendo parte da paisagem é pra empolgar qualquer antigo jogador de RPG de mesa.

Por sinal, sabiam que um casal deu o nome do filho de Dohvakiin (Dragonborn)? Pelo visto não é só no Brasil que os pais avacalham os filhos…

Segundo a assessoria o jogo chegará no Brasil na próxima semana para PC, Xbox 360 e PlayStation 3.

Game designer, designer gráfico, pesquisador em semiótica. Adora video games, tanto antigos quanto novos, e cresceu jogando e estudando estes games. Devido à influência da comunidade japonesa local, aprendeu a gostar de mangás e animes, e a não achar a língua japonesa alienígena (ter estudado o idioma talvez tenha ajudado). Não consegue trabalhar sem uma trilha sonora pra acompanhar.

You can leave a response, or trackback from your own site.
Gustavo Tigre disse:

vish esse é um dos muitos momentos q eu odeio dizer:
-NOOOOOOOOOOOOOOOOoooooOOOOO!!!!!!!!! ACABO MINHA GRANA!COMO EU POSSO VIVER SEM ISSO!

Subscribe to RSS Feed Siga o TheMentes no Twitter!
Leia o post anterior:
cdz_ps3_capa_14
Saint Seiya Senki – Abertura e nota em revista japonesa

Saiu agora a pouco, a abertura do novo jogo dos Cavaleiros do Zodíaco para PS3.

Fechar