League of Legends

Top 10 – Melhores Intros de jogos de luta

ryu kyo

Salve, galera, beleza?!
Todo mundo já jogou algum jogo de luta, certo?! Eles tem combos, especiais rapidíssimos e movimentos fodões de fazer babar, não é?!

Mas é inegável que as aberturas desses jogos criam, pelo menos, 90% do fator “OMFG EU TENHO QUE JOGAR ISTO!!”

Então, como gamer e fã de jogos de luta estou separando as 10 melhores (na minha opinião) intros. São aquelas com cenas legais, músicas empolgantes, nostálgicas, enfim.

Procurei separar uma única abertura por franquia, assim não tem aquela “puxação de sardinha”. Ready? FIGHT!!!

10º – Samurai Shodown/Spirits (NeoGeo)

Uma coisa que era bastante comum nos jogos de luta era que eles sempre eram contemporâneos. A SNK quebrou esse conceito com um dos jogos de luta mais originais de todos os tempos. A abertura continua com seu charme até nos dias de hoje.

9º – Tobal nº2 (PS1)

Produzido pela Dream Factory e lançado pela Square em 97, com character design do grande Akira Toriyama, o jogo de luta não fez feio pra sua época, tendo um modo Quest bem extenso e o elenco gigante de 200 lutadores (SIM!!!). A abertura é bem light, mas nem por isso deixa de ser boa!

8º –  The Rumble Fish (Arcade, PS2) 

Lançado apenas no Japão, The Rumble Fish tinha um interessante sistema de luta, com barra de ataque e defesa, que preenchidas, poderiam desferir uma técnica monstruosa. Além disso, o jogo foi uma novidade graficamente, se utilizando de uma técnica pseudo-cell shading (os personagens são em 2D, mas visualmente parece muito com 3D). A abertura é empolgante, apresenta bem cada um dos personagens. (mesmo alguns sendo horrivelmente estranhos.):

7º – The King of Fighters ’94 Rebout (PS2)

KOF tem inúmeros jogos, isso todo mundo sabe. Mas o que talvez tenha passado meio batido por muita gente são os remakes. Diferente do KOF98UM e KOF2002UM, este remake do 94 mudou praticamente toda a forma de se ver o primeiro KOF. Sprites em alta definição de verdade (pra época), cenários 3d que até giram (entenderão melhor jogando), opening em anime seguindo o estilo clássico das artworks da SNK em 94 e o carisma dos peitos da Mai…digo… dos personagens de Art of Fighting, Fatal Fury e os do próprio KOF. Vale lembrar que fiquei em dúvida entre colocar essa OP e a do Maximum Impact 2 (KOF2006 por aqui). Mas como quase ninguém gosta daquela versão 3D, fiquem com essa e divirtam-se. 😉

6º –  Garou: Mark of the Wolves (Neo Geo, Dreamcast,PS2, Xbox 360, PS3)

Quando a placa CPS3 da Capcom chegou ao mercado, com jogos com qualidade gráfica absurda, a SNK sabia que sua MVS não ia dar conta do recado… a menos que tenha um time MUITO competente e determinado a fazer algo acima da média. Garou:Mark of the Wolves, a continuação de Fatal Fury, prova que com empenho um jogo de Neo Geo pode SIM ser comparável a um jogo de CPS3.

5º  –  Dead or Alive 2 (Naomi,Dreamcast, PS2)

Por mais que seja uma compilação de várias cutscenes do jogo é indescritível que Dead or Alive, além das gatas, possui uma opening pra lá de empolgante!! A Team Ninja não vacila!  JAMAIS! lol. Não achei a versão sem censura. Pra quem não sabe, tem uma cena da Kasumi nua numa… gosma (!?) na versão japonesa. Na versão USA colocaram o chefão ridículo fazendo umas poses no lugar.

4º Tatsunoko VS Capcom: Cross Generation of Heroes (Arcade,Wii)

Ok, teve sua atualização, o TvsC: Ultimate All-Stars, com mais personagens, cenários, reajuste e tal, mas quem liga para aquela abertura pop mesquinha com uns clipezinhos do jogo?
A OP da primeira versão é simplesmente MUITO superior: cenas legais, músicas empolgantes e é feita em anime. Veja aê:

 3º – Soul Edge/Soul Blade (Arcade,PS1)

Véi, na boa: as Intros dos Soul Calibur podem ser boas (ok, algumas nem tanto) mas duvido muito que alguma vá ser melhor que essa, de quando o game ainda se chamava Soul Edge! Sério, é uma das poucas intros de jogos do PS1 que eu me empolgo até hoje! E não se preocupem, podem apreciar o banho da Sophitia a vontade porque está sem censura 😉 :

2º – Tekken 5 (Arcade,PS2)

Tekken sempre teve intros excepcionais se comparar as versões console com as versões de arcade. Mas Tekken 5, definitivamente, brilha nesse quesito. A intro começa com tudo bonito, logo após Tekken 4, até a chegada  dos Jacks e a rápida parceria feita com muita má vontade  de Heihachi e Kazuya. Motivo mais que suficiente pra quem não viu, ver agora. “Heihachi Mishima…..is dead.”

1º Street Fighter IV (Arcade, Xbox 360, PS3) 

Além de que eu sou fã de Street Fighter, não posso negar que a intro do SFIV está mais que excepcional. Uma pena que as empresas tem o mau hábito de deixar uma intro mais fraca nas versões Super/Ultimate/E o que quer que seja. Essa intro ficava ainda melhor de se ver depois de longos 10 anos de espera por um Street Fighter “indestructible”  novo.

É isso aí, espero que tenham gostado do Top 10. Sei que ficou MUITA coisa de fora, você também sabe. Então deixe sua Intro preferida de jogo de luta nos comentários. 🙂

See ya!

 

Desenhista preguiçoso e desleixado, assiste anime desde que era conhecido como "desenho japonês" e prefere desbloquear conteúdo de game na marra, sem pagar com dilmas ou obamas. Prefere multiplayer offline e odeia o exagero crescente de funções online nos jogos, já que possui uma internet muito lixo.

You can leave a response, or trackback from your own site.
Subscribe to RSS Feed Siga o TheMentes no Twitter!
Leia o post anterior:
asuras_wrath
Demo de Asura’s Wrath na rede!

Enfim, tive o prazer de jogar o demo que saiu esta semana na PSN e na Live do novo jogasso...

Fechar