Usagi Drop – Entrando no mundo dos pais

Quando Daikichi chega ao funeral de seu avô, encontra uma menina que está isolada no canto da casa, logo descobre que ela filha do falecido, logo, é sua tia. Todos desdenham dela, ninguém quer ficar com sua guarda e Daikichi toma a iniciativa de cuidar dela… Eis que sua vida muda.

Do dia pra noite, o gerente promissor de uma empresa passa a ser um pai dedicado, que tem que abrir mão de um futuro prospero para ser pai exemplar de uma criança, essa é a história de Usagi Drop

Usagi Drop 01

Todo episódio eu me emociono, não sei dizer como, nem porque… mas aos 25 anos, com um pai recém falecido você pensa que a vida de qualquer pai, que se importa com sua prole é assim, sacrifício.

Mas ele vale a pena, a cada episódio você percebe isso… cada vez mais, até entender que não é um sacrifício, mas sim uma escolha que o deixaria mais feliz do que se tornar um cidadão padrão trabalhando feito escravo.

Durante a série aparecem personagens que fazem parte do dia a dia, como o colega de escola pentelho e sua mãe, a progenitora da garota e os motivos que levaram a abandoná-la.

Usagi Drop 02

Não vou me delongar muito nisso, mas a animação é muito boa… produzido pelo Produciton I.G mostra o dia a dia de um homem e uma menina desconhecidos, que se tornam pai e filha e descobrem a dificuldade disso, o mais sobra para o Daikichi, todo dia é um aprendizado diferente.

Me fez refletir sobre muita coisa, agora toda vez que vejo pais e filhos infelizes me pergunto se nunca tiveram momentos assim, se não, é uma pena… pois eu tive.

Lembro dos bons momentos com meu velho e lagrimas vem aos meus olhos. Penso em quantas escolhas e dificuldades ele passou ao longo dos anos para eu me tornar o que sou hoje.

Entusiasta de animação, música e filme. Um pouco boca suja, mas com minhas próprias opiniões.