Xavier toca o puteiro em Marvel Brothel

O professor Charles Xavier percebe que violência não vai dar resultado na integração dos mutantes e humanos, usando sua mente brilhante, resolve seguir outro caminho: o do amor. Como ele não tinha mais o que fazer com uma mansão cheia de mutantes gostosas, ele resolve abrir um puteiro, isso mesmo, uma zona com pole dance e tudo, para os humanos poderem ter o melhor que os bons genes X podem oferecer.

Essa é a premissa de Marvel Brothel, um game feito no Rpg Maker pelo fã Nicolau, que está disponível para download gratuitamente em diversos sites, apesar da Marvel frequentemente tirar do ar os links disponíveis. Basta buscar na Internet que vocês encontram rapidinho.

Marvel Brothel

O visual do game é no bom e velho estilo Snes, com trilha sonora editada pelo autor (por exemplo, a música Let it Go da Keyshia Cole), para deixar tudo no melhor estilo SexTime do Multishow. Às vezes aparece a introdução de YYZ do Rush quando acontece alguma batalha.

Os comandos são bem simples, com setas direcionais e um botão de ação para jogar. Como em um RPG o jogo requer mais estratégia e pensamento rápido do que de habilidade motora.

As garotas possuem habilidades diferentes: Aparência, Combate, Resistência (pra poder aguentar o tranco na cama), Safadeza (saber fazer o que os caras pedem depois que pagam), Joy (estar no clima) e o valor do programa (que é gerenciado a cada dia de trabalho).

Marvel Brothel

Aparecem diversos clientes, cada um pede um número mínimo dos atributos de resistência e safadeza, o valor máximo do programa também é levado em consideração. É preciso acertar bem isso, pois se não ficarem satisfeitos com as garotas, eles ficam putos e vão embora. Caso isso ocorra, seu “hype” cai e você não pode subir de level, afinal, cliente feliz é cliente fiel.

Além disso, alguns clientes tem pedidos específicos, como “quero uma garota com uma cor diferente”. Nesse caso é necessário enviar a Mulher Hulk, se não ele não vai querer nenhuma, por mais que os atributos sejam altos. Por isso é importante prestar atenção ao que os clientes pedem.

Como em um RPG, é preciso subir de nível, e o Rei do crime aparece para ajudar você a evoluir. O problema é que o gordo pede 10% do lucro no dia da vistoria e alguns atributos mínimos de Hype e qualidade dos equipamentos da zona para colocar mais uma estrela no estabelecimento.

Marvel Brothel

Alguns mutantes aparecem para usufruir das novas benfeitorias do professor X, como Wolverine e Namor. Outros personagens do universo Marvel também aparecem, mas para espantar seus clientes. Contra eles existem garotas com grande poder de luta para defender a casa. A luta funciona assim: você persegue o malfeitor e aperta o botão de ação (espaço) até derrotá-lo. Simples, não?

O jogo segue dessa maneira: faça grana, compre mais garotas (a primeira que eu comprei foi a Elektra, não tive duvidas) e coisas para a zona ficar mais sofisticada. A história vai seguindo, garotas aparecem voluntariamente para ajudar a causa mutante e outros aparecem para acabar com os planos do Pimp X.

Certa hora do jogo o puteiro é o único meio de salvar a terra de uma destruição certa, nesse momento você tem que estar bem preparado, se não é Game Over.

Marvel Brothel

Marvel Brothel é um jogo muito divertido e só tem censura de linguagem, pois até aonde eu joguei, não aparece nenhuma nudez nem nada do tipo (é seus tarados, não tem porra nenhuma para vocês nesse jogo). Um jogo bem divertido e viciante, eu recomendo.

Entusiasta de animação, música e filme. Um pouco boca suja, mas com minhas próprias opiniões.